sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

O concurso

Estou a tentar fazer um texto que faça chorar baba e ranho ou que faça chorar até que as pessoas se urinem todas. A ideia desta brincadeira foi desta menina!.

A primeira tentativa saiu-me completamente furada. A minha mãe achou tétrico demais. A dona do concurso também.

De maneira que voltei à estaca zero, à folha em brando, à procura de ideias menos tétricas mas nem por isso menos tristes...



Por enquanto, a coisa mais triste que vi hoje foi o tradicional cortejo das criancinhas mascaradas. Sempre que vejo aquelas crianças naqueles preparos, fico com um nó na garganta... ridículas, coitadinhas. Ridículas... O ridículo faz-me ficar triste.

6 comentários:

Cristiana disse...

Ohhhhhhhh PKB,
Não sejas peste, as criancinhas ficam muito menos riduculas que os adultos seja de que forma for!!

Vá, vá lá vai comprar um bolo rei e bebe um chá, afinal é carnaval!

cat in a bag disse...

No carnaval ninguém fica ridículo. quer dizer, as gajas todas despidas a desfilar e a sambar ficam. Mas na minha terra não há disso. Ok, na minha terra, no carnaval, ninguém fica ridículo.

Fada disse...

Eu gosto das criancinhas e tenho saudades das pistolas de água e dos estreletes e das bombinhas!...

:)

beijitos

Miss Kitty disse...

Pior são os adultos quando fazem figurinhas tristes! lol

BJS*

PKB disse...

Hum... bolo rei no carnaval só se for eu fazê-lo... e eu não sei cozinhar essas coisas mais complexas.

Não tenho saudades de nada no carnaval.

Realmente, ver moças seminuas, branquelas e cheias de frio a tentar sambar enqto se reza para que não chova no cortejo carnavelesco é das coisas mais tristes do carnaval tuga!

As criancinhas não se podem safar às figurinhas ridículas, mas os adultos podem...

Sanxeri disse...

As criancinhas mascaradas sao a unica coisa boa do carnaval. Fofinhas.