quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Gente interessante?!

Há coisas que por vezes não entendo e uma delas é por que é que determinadas coisas tornam as pessoas particularmente especiais e dignas de serem entrevistadas em programas de rádio, revistas, etc.

Hoje, a caminho de casa, vinha a ouvir, na antena 3, o programa do Alvim. Os entrevistados eram dois vegans - um casal - e a conversa girava em torno do que é ser vegan, vegetariano, e outras coisas assim e o facto de além de tudo o mais serem "veganosexuais".
Para começar, quando ouvi esta última expressão pensei que fosse alguma prática sexual qualquer que envolveria maçarocas de milho, pepinos e outros vegetais. Depois, lá percebi que o que queriam dizer com aquilo era que só se relacionavam sexualmente e emocionalmente com vegans, uma vez que se trata de uma filosofia de vida e mais blá blá blá e rebéubéu pardais ao ninho.

No fim daquele paleio todo concluí o que já sabia à partida. É que aquilo que como ou deixo de comer não faz de mim uma pessoa diferente dos outros. Não faz me mim mais interessante ou especial em relação ao resto da humanidade.

Se as pessoas gostam de enfardar carne vermelha quase crua ou de comer alface directamente da horta, o problema é delas. Por que cargas de água é que ser-se vegan, vegetariano, carnívoro ou o que seja torna a pessoa num bom assunto para uma entrevista?

Para mim só serve para encher chouriços quando já não há mais ninguém para entrevistar.

Com tanta gente a morrer de fome, esta gente para aqui chatear-me porque como carne e porque como peixe e mais não sei quê. Vão para África, onde a fome é o "pão nosso de cada dia" e vão ver que até comem moscas! E nem por isso são mais interessantes que elas!

Tudo isto para dizer que esta gente de hoje não tinha interesse absolutamente nenhum!

7 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

Eu já fui entrevistado pela Rádio de Odivelas, isso faz de mim especial ou esquisito? ;)

PKB disse...

Hum... foste falar sobre a tua dieta? ehehehe
Beijinho!

Rogéryo de Sá disse...

Cada país tem a comunicação social que merece. Quanto a práticas alimentares... Bem, concordo que era bem mais interessante falar explicitamente de sexo, o que não foi o caso, segundo entendi. Se tivesse ouvido o programa, também ficaria verde de raiva!

Então, a culpa é do mordomo, é?

Fada disse...

"Veganosexual"?!??!?

Realmente, apostava mais na tua teoria das maçarocas...lol

Bem, cada um é como é, mas acho isso tão estranho como tornar os cães dos vegans e vegetarianos, em cães vegetarianos (o que vai contra a natureza do animal, não!?!?)... Acho, no mínimo, esse "veganismosexual" castrador a nível emocional...

Já agora, uma questão: eles praticarão sexo oral?? Ou carne nenhuma lhes entra na boca?? Huummm...

Beijitos, nice post!

PKB disse...

Mistério,
Pois, nao é sempre o mordomo?
Ao pé de vegans aconselho outra cor para a raiva...

PKB disse...

PeÇo perdão, que te troquei o nome, Rogério :-(
Fada,
Ao longo dos tempos temos visto que o sexo faz o pessoal mudar de posição em relação a algumas regras hihihi mas cà pra mim elas não fazem mas é a depilação pq a cera faz sofrer os animais...

Pedro Barata disse...

Já conhecia essa do vegan-sexual, porque tenho um primo que é vegan e a namorada dele é vegan-sexual (ou pelo menos diz-se como tal) Lol
Beijinhos